Taxa liberatória que incide sobre os juros dos depósitos a prazo chega aos 28% no próximo ano

| 2012/10/08 | 0 comentários


Taxa liberatória sobe novamente

Conforme o anunciado no novo pacote de medidas de austeridade a taxa liberatória, que inclui rendimentos com juros, dividendos, royalties e mais-valias, vai subir novamente. Já este ano sobe de 25% para 26,5% e, em 2013, subirá para 28%.

Terceiro aumento, da taxa liberatória, desde o início de 2012

Este será o segundo aumento no espaço de um trimestre e o terceiro desde o início deste ano.

Segundo o Jornal de Negócios de hoje, no próximo ano, este agravamento da taxa liberatória que incide sobre os juros auferidos através dos depósitos a prazo poderá render às finanças do Estado português um acréscimo de receita superior a 130 milhões de euros. No total, poderão estar em causa valores de cerca de 1235 milhões de euros, resultado dos aumentos nos juros das poupanças das famílias e empresas.

GD Star Rating
loading...




Tags: , , , ,

Category: Actualidade, Depósitos a Prazo, Finanças Pessoais, Impostos

Acerca do Autor ()

Responder